quinta-feira, 30 de junho de 2011

Deusa

Seu corpo brilha,
Seus lábios são rubros,
Seu olhar traiçoeiro,
Sua alma um fosso.

Tombadilho de medo,
Sonhos...
Secretos segredos
Musa..
Inconfidente asteca,
Deusa
Pequena boneca.

Admiro seu jeito de ser, eloqüente...
Você coloca os homens doentes;;

Oh! Deusa.
Por que me roubas os dias,
Sinto a sua falta,
Espero a sua anistia.

Enquanto rolo na cama,
Dentro de suas chamas...

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário