sexta-feira, 24 de junho de 2011

"METALURGIA DAS LETRAS"

"Um blog de poesias metálicas para um homem de ferro com coração de carne".
Sejam bem vindos! Vocês são a razão da nossa existência e de nossas postagens!

Estou desligado o alto forno
A muito preciso dar uma reforma
São as escórias impregnadas
Os refratários desgastados.

Não é uma inspeção de rotina
Não tenho produzido direito
Há ferro sem fundir na panela
Preciso melhorar o processo.

Aperfeiçoar tempos e movimentos
Definir a metodologia das horas
Beneficiar a matéria prima
Recarregar os silos e carro Dango.

Trocar todas as bicas de corrida
Testar as varas de oxigênio
Analisar o minério de ferro
E começar a Metalurgia das letras.

Autor Gilberto Fernandes Teixeira

2 comentários:

  1. Amigo!Gostei do seu blog parece porreta, valeu, vou lé seus poemas...

    ResponderExcluir
  2. Obrigado amigo(a)! Volte sempre, sua presença nos encanta...

    ResponderExcluir