terça-feira, 19 de julho de 2011

O poeta


Um dia, sentou-se o poeta
Dedicado a escrever
Tinha em mente a poesia
Mas, não tinha mais você.

Então o poeta chorou
Chorou para esquecer
Os bons momentos da vida
Que passou junto a você.

E na sua poesia triste
O poeta se pôs a dizer
Não tenho mais inspirações
Não preciso mais viver.

Morreremos os três juntos
Eu a poesia e você.

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

5 comentários:

  1. Amigo manda o Teu Email pra eu te manda uma Poesia que Fiz. Agradeço.

    ResponderExcluir
  2. Ótimo dia do Amigo atrasado pra você também... Gosto muito de suas poesias e uma espiração lelas - Continue sendo sempre "UM SONHADOR FAZENDO POESIAS"

    Grande Abraço...

    ResponderExcluir
  3. Este poema reflete a sua alma de poeta... A ecolha não poderia ser mais adequada. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Assim são os poetas! São lucidos ao tempo... Belos versos amigo! Agraço.

    ResponderExcluir