terça-feira, 25 de outubro de 2011

A rosa

Por que a rosa sendo rosa
Mesmo vermelha rosa será
Se amarela pouco importa
Se branca quase dá para disfarçar

Já registraram como rosa
Mesmo a rosa cor de anil
A rosa que não nasceu rosa
É rosa por definição.

“Receba a flores que lhe dou”
Em cada flor um beijo meu
Rosas vermelhas de amor
“Amor que por você nasceu.”

Como os espinhos e as rosas
Mistérios há no coração
O amor que muito protege
Pode sufocar uma paixão.

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário