sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Bem-me-quer


Abaixo...
Colho uma margarida
E começo a brincar
Bem-me-quer, mal-me-quer.

As pétalas caem...
E os pensamentos ficam brancos...

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário