sábado, 21 de janeiro de 2012

Consciência morcego



Esta é a consciência
Morcego...
Que vaga na noite
Entre os sutis vaga-lumes.

Não tem medo do escuro
A luz da lua é sua companhia
Sonhos e pensamentos
Asas ao vento...

Desliza na brisa
Cai como o orvalho
E de manhãzinha descansa
De cabeça para baixo...

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário