segunda-feira, 26 de março de 2012

Cartão postal



Sou um coqueiro a beira mar
Aproveitando a brisa
Minha pequena sombra
E meu imenso horizonte.

Não desejo nada além da ilha
Não estou só
Tenho irmãos ao meu lado
E já sei escutar as ondas.

Sou um cartão postal
Levo muitos homens a sonharem
E a pensarem no infinito
Onde com certeza eu já estou lá também.

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

Um comentário:

  1. Se pudéssemos transformar a vida num bilhete ilustrado...

    Bons sonhos

    ResponderExcluir