domingo, 26 de agosto de 2012

Passos na lua.


Na lua não há ruas
Mas já existem passos...
“Um pequeno passo para o homem,
um enorme salto para a humanidade.”

Se na Terra ainda engatinhamos
Por lá, pulamos e voamos,
O primeiro homem que pisou na lua
Partiu em busca da sua ultima fronteira.

E ela não estava no espaço...

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

6 comentários:

  1. E assim caminha a humanidade... Uns se vão pra a eternidade e outros como tu eternizam em versos a partida de um desbravador. parabéns! Belo poema!

    ResponderExcluir
  2. Amiga! Sua presença neste blog e que tornam nossos versos eternos...

    ResponderExcluir
  3. Em busca da liberdade e da perfeição...
    Cumps

    ResponderExcluir
  4. Olá amigo,
    Lindo poema amigo. Parabéns. Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verinha! Muito obrigado pela sua adorável presença. Hoje um girassol passou por aqui... Valeu amiga!

      Excluir