domingo, 30 de setembro de 2012

Coração de silício

USB - Pen Drive 4

Ele abriu o arquivo do seu coração
Selecionou suas fotos antigas
Criou uma nova pasta chamada saudade
Deletou seu programa de lembranças passadas
Enviou todo conteúdo para um pen-drive
Removeu o dispositivo com segurança
Pendurou em chaveiro
Desligou o computador
E saiu assoviando...

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira.

2 comentários:

  1. E nesta pequenina bagagem levou somente as boas lembranças. Sua habilidade para a tessitura poética é formidável. Bonito poema como todos né, meu amigo? Um abraço e boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Mas sem a força dos amigos ficaria muito difícil, obrigado pelos olhos atentos...

    ResponderExcluir