quinta-feira, 4 de outubro de 2012

O banco



Faz muito tempo que não venho aqui
Não assento neste banco
Não olho as pessoas
Nem vejo os teus olhos.

A última vez que estivemos juntos
Acariciava o seu corpo
Beijava o seu rosto
Falava do nosso grande amor.

Aqui, fizemos juras,
Contamos varias  piadas,
Sorrimos da sociedade
Olhamos o sol se por.

Eu pensei em nunca mais voltar
Mas a saudade falou mais alto
As lembranças me arrastaram
E o banco guardou o seu lugar.

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

4 comentários:

  1. O amor está em alta... Fantástico!!!

    Te desejo uma ótima sexta-feira, um ótimo final de semana.
    Forte abraço.
    Tati.

    http://tatian-esalles.blogspot.com.br/

    Att.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado amiga! Estive passeando por outros lugares quase me esqueço que o amor é fundamental. Tenha um ótimo final de semana também.

    ResponderExcluir
  3. Acontecimentos e locais que nos marcam e ficam na memória.
    Abraço do Zé

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o espaço de um grade nunca será preenchido.

      Excluir