domingo, 2 de março de 2014

É só o vento lá fora...



É hora de abrir as janelas,
Deixa sair ácaros e fungos,
Deixar entrar a brisa,
Deixar entrar o dia.

É hora de abrir as cortinas
De renovar o ar estagnado
Deixar entrar a vida
Deixar sair o sono.

É hora de abrir as portas
Deixar sair às sombras,
Deixar entrar o sol
Afinal, é só o vento lá fora...

Autor; Gilberto Fernandes Teixeira

5 comentários:

  1. Hoje por cá o dia esteve solarengo e a abertura das janelas só teve um inconveniente que foi a chegada de duas moscas bem chatinhas...
    Cumps

    ResponderExcluir
  2. Por cá já estamos preparados para o caso delas aparecerem... Obrigado pelo aviso!

    ResponderExcluir
  3. Fiquei encantado com sua verve poética. Tens uma escrita cheia de lirismo e uma grandeza que transcende os enlevos da alma. Avante, poeta!

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado amigo, seja bem vindo ao metalurgia das letras!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Gilberto!
    É a hora melhor do dia!
    Abrir janelas e pulmões!
    Beijus,

    ResponderExcluir